Deixe seu E-mail Para Receber Atualizações e Dicas Quentíssimas Para Proteger Sua Saúde Íntima!

Como tratar inconveniências da candidíase vaginal

Como tratar inconveniências da candidíase vaginal

Como tratar inconveniências da candidíase vaginal

 

Como tratar inconveniências da candidíase vaginal

Infecções vaginais por fungos, também conhecidos como candidíase, são uma condição feminina comum.

A candidíase é uma infecção causada pelo fungo cândida.

Este fungo está associado com uma coceira intensa, inchaço e irritação e vermelhidão local.


Esta infecção é tão comum que de três em cada quatro mulheres vai experimentar uma infecção por fungos em alguma fase de sua vida.

Infecções vaginais por leveduras podem ser transmitido pelo contato sexual, mas em geral não é considerado uma DST

 

O que causa a candidíase?

A cândida é um micro-organismo que ocorre naturalmente na área vaginal.

Mas quando por algum motivo o seu corpo apresenta um desequilíbrio, isto leva a um crescimento excessivo desse fungo.

Em consequência, os sintomas de infecções vaginais comecem a aparecer.

Dentre as causas mais comuns para o desenvolvimento da candidíase estão:

  • antibióticos (eles reduzem a quantidade de lactobacilos ou bactérias boas, na vagina),
  • gravidez,
  • diabetes não controlada,
  • sistema imunológico fraco,
  • maus hábitos alimentares, incluindo uma grande quantidade de alimentos açucarados,
  • desequilíbrio hormonal perto do seu ciclo menstrual,
  • estresse,
  • falta de sono.

 Quais os principais sintomas e inconveniências da candidíase vaginal?

As infecções vaginais por fungos têm um conjunto comum de sintomas.

Normalmente, o período de tempo em que os sintomas aparecem e o tratamento pode ter um impacto direto sobre o quão grave são os seus sintomas.

Os sintomas da candidíase traz muito inconvenientes às mulheres.

Veja abaixo os principais sintomas da candidíase vaginal:

  • coceira intensa na região vaginal,
  • Inchaço da região vaginal,
  • ardência ao urinar,
  • Grandes ou pequenas quantidades de corrimento vaginal, muitas vezes esbranquiçada cinza e grossa (embora existam vezes a descarga pode ser aquosa),
  • dor durante o ato sexual,
  • erupção cutânea.

 

Qual exame devo fazer para saber se tenho candidíase?

Obter um diagnóstico de infecção vaginal por cândida é muito simples.

Os médicos normalmente começam por obter informações sobre seu histórico médico.

Isto incluirá o fato de que se você já teve infecções fúngicas anteriores.

O próximo passo é um exame pélvico.

O médico examinará sua vagina e na área circundante, para ver se há sinais exteriores de infecção.

Ele ou ela também irá examinar suas paredes vaginais e colo do útero.

Dependendo do que o seu médico descobre, uma cultura vaginal será necessária para enviar ao laboratório para confirmação.

 

Como tratar inconveniências da candidíase vaginal

Como tratar inconveniências da candidíase vaginal

 

Como é o tratamento para alivio dos sintomas e da infecção?

O seu médico irá tratar a sua infecção por fungos de acordo com a sua gravidade e complicações.

1 – Infecções simples:

Tratamento de um a três dias com um antifúngico em creme, pomada, comprimido ou supositório.

2 – Infecções complexas: 

Certos tipos de cândida não vão responder ao tratamento normal e vai exigir um curso agressivo de tratamento.

Se você encontrar um dos seguintes critérios, o seu médico provavelmente vai tratar de forma mais intensa:

  • Você tem vermelhidão, inchaço e prurido que leva a feridas em seu tecido vaginal, se
  • você teve mais de quatro infecções fúngicas em um ano,
  • você está grávida,
  • você tem diabetes não controladas, ou se
  • você tem um sistema imunológico enfraquecido por algum medicamento ou por alguma outra doença.

 



Possíveis tratamentos para infecções graves ou complicadas podem incluir:

  • 14 dias creme, pomada, tablet, ou o tratamento vaginal com óvulos
  • duas ou três doses de Diflucan (não para mulheres grávidas),
  • prescrição de longo prazo de Diflucan que é tomada uma vez por semana, durante seis semanas, ou o
  • uso a longo prazo de um medicamento antifúngico tópico.

 

Deve haver também o tratamento de seu parceiro sexual ou uso de preservativos durante as relações sexuais.

 

Como prevenir infecções vaginais por cândida?

Em muitos casos, você pode saber exatamente o que levou à sua infecção por fungos.

Por exemplo, algumas mulheres experimentam estas infecções cada vez que tomar antibióticos.

Ao reconhecer seus próprios fatores de risco, você pode prevenir futuras infecções.

Aqui estão alguns métodos comuns de prevenção, mais voltados para evitar o crescimento de bactérias perto da vagina:

  • evitar o uso de calças apertadas, meia-calça, meias, ou legging,
  • evite o uso de desodorantes íntimos,
  • evite ficar com trajes de banho (biquíni) molhados por muito tempo,
  • tenha uma dieta bem equilibrada e mais natural,
  • diminuía o consumo de alimentos açucarados,
  • evite sentar em banheiras de hidromassagem.

 

Procure o seu ginecologista sempre que apresentar sintomas. Já que, quanto antes você souber como tratar inconveniências da candidíase vaginal e iniciar o tratamento… Mais rápido você ficará livre dos sintomas inconvenientes como a coceira e a dor.

Se você gostou das dicas e informações compartilhadas neste post, considere compartilhá-lo com seus amigos.

Não se esqueça de deixar seu comentário!

 

Deixe seu E-mail Para Receber Atualizações e Dicas Quentíssimas Para Proteger Sua Saúde Íntima!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.