Saúde da Mulher 747candida

Uretrite: Tudo o que você precisa saber sobre essa doença

Uretrite Sintomas Tratamentos e antibióticos para cura da Uretrite
Uretrite é a inflamação e inchaço da uretra, o canal que leva a urina da bexiga para fora do corpo. Devido a inflamação e inchaço deste canal, ocorre uma dificuldade ou dor ao urinar.

A uretrite é normalmente é causada por bactérias ou vírus. Algum irritante químico também pode desencadeá-lo.

É diferente de uma infecção do trato urinário, que geralmente afeta rins, bexiga e uretra.

Pode ser transmitido através de sexo desprotegido. Se uma mulher tem uma infecção vaginal, ela pode passar para um parceiro masculino.

Sintomas da Uretrite

Homens e mulheres podem desenvolver uretrite, mas os sintomas são ligeiramente diferentes e alguns podem não sentir sintomas.

Nas mulheres, os sintomas podem ser:

  • Corrimento vaginal incomum
  • Dor pélvica e abdominal
  • Dor durante a relação sexual
  • Micção freqüente ou urgente
  • Febre e calafrios
  • Dor de estômago
  • Comichão no canal

Os sintomas nos homens podem ser:

  • Sangue na urina ou no sêmen
  • Ejaculação dolorosa
  • Corrimento peniano
  • Sensação de ardor ao urinar
  • Coceira, sensibilidade ou inchaço no pênis
  • Linfonodos aumentados na região da virilha

A febre é possível nos homens, mas é rara.

Causas da Uretrite

A maioria dos casos ocorre quando as bactérias entram na uretra.

A uretrite bacteriana pode ser gonocócica, causada por Neisseria gonorrhoeae , ou não gonocócica, causada por Chlamydia trachomatis ou Mycoplasma genitalium (M. genitalium).

A infecção gonorreica e a clamídia geralmente ocorrem juntas .

A clamídia é uma das mais comuns infecções sexualmente transmissíveis (IST) que afetam homens e mulheres.

As causas virais mais comuns são o vírus herpes simplex e o citomegalovírus .

Outras causas são:

De acordo com os Institutos Nacionais de Saúde, a uretrite também pode resultar de uma lesão ou sensibilidade a produtos químicos usados ​​em gel, sabonetes, cremes ou espumas e espermicidas. Desinfetante, antisséptico ou outros produtos, como óleo de melaleuca, podem causar inflamação .

Danos causados ​​por atrito durante o contato sexual ou masturbação também podem levar à inflamação nos homens.

Fatores de risco

As pessoas com maior probabilidade de sofrer essa doença incluem aquelas que:

  • Tem um histórico de doenças sexualmente transmissíveis
  • Envolver-se em comportamento sexual de alto risco

O sexo oral pode ser um fator de risco para a uretrite não gonocócica.

Essa inflamação nem sempre é transmitida sexualmente, mas uma pessoa com múltiplos parceiros sexuais tem um risco maior de exposição.

É fortemente recomendado que um paciente com uretrite confirmada ou suspeita também seja submetido a exames de gonorreia e clamídia.

 

Diagnóstico

No homem, o exame médico normalmente verificará o abdome, o escroto, o pênis e a bexiga em busca de qualquer inchaço ou corrimento.

Nas mulheres geralmente os exames são abdominais e pélvicos para verificar a sensibilidade da uretra e da parte inferior do abdômen. O médico também verificará se há corrimento uretral.

A cistoscopia, na qual um tubo com uma câmera na extremidade é inserida na bexiga, pode ser usada.

Exames diagnósticos recomendados podem ser:

  • Hemograma completo
  • Exame de proteína C reativa
  • Exames para verificar se há ISTs, como gonorréia ou clamídia
  • Exame de urina

As mulheres podem ser submetidas a um exame de ultrassonografia pélvica.

 

Tratamento da Uretrite

Medicamentos visam tratar a causa da uretrite e prevenir a propagação da infecção.

O tratamento irá depender do agente causador. Se o paciente tiver uma infecção bacteriana, um antibiótico será prescrito, como doxiciclina, eritromicina ou metronidazol.

A azitromicina e a doxiciclina são relatadas como eficazes no tratamento quando esta está ligada à clamídia, mas outros tipos, como o M. genitalium, parecem responder melhor à azitromicina ou à moxifloxacina.

Há também a preocupação de que algumas cepas de M. genitalium sejam resistentes a alguns antibióticos, dificultando o tratamento.

Um anti-inflamatório pode ser usado para aliviar a dor.

Pyridium, também conhecido como fenazopiridina, pode ser usado para tratar a dor e reduzir o desejo e a frequência de urinar.

 

Prevenção

As formas mais eficazes de prevenir podem ser:

  • Abster-se de atividades sexuais desprotegidas e arriscadas, como ter múltiplos parceiros sexuais
  • Evitar produtos químicos que podem irritar a uretra, como detergentes ou espermicidas
  • Boa higiene pessoal

Complicações

Possíveis complicações para os homens incluem infecções na bexiga, testículos ou na próstata.

Complicações para mulheres são infecções da bexiga ou do colo do útero. Há também um risco aumentado de doença inflamatória pélvica, que pode levar à infertilidade e a outros problemas.

Se os sintomas persistirem ou ocorrerem novamente, pode ser um sinal de que outra condição está presente, ou que a bactéria que causou o problema é resistente ao tratamento administrado.

É importante que os pacientes acompanhem o médico se a dor e outros sintomas retornarem ou não desaparecerem.

Sobre o autor | Website

Não fique por fora. Deixe seu e-mail para receber dicas e atualizações do blog.

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!