Deixe seu E-mail Para Receber Atualizações e Dicas Quentíssimas Para Proteger Sua Saúde Íntima!

Você Sabia Que Pode Haver Candidíase no Homem

Você Sabia Que Pode Haver Candidíase no Homem

Você Sabia Que Pode Haver Candidíase no Homem

O desenvolvimento da candidíase no homem não é tão comum. Além disso, ela pode se desenvolver sem muitos sintomas evidentes.

A candidíase é causada pelo crescimento excessivo de um tipo de levedura denominado Candida.

Esta levedura é normalmente encontrada em pequenas quantidades no corpo humano.

Em pequenas quantidades a Candida não causa nenhum mal ou sintoma.


Mas quando por algum fator o fungo se desenvolve de forma desordenada, pode causar sintomas que vem a incomodar muito.

Certos medicamentos ou problemas de saúde podem levar ao maior crescimento no número de fungos.

Isso ocorre especialmente em áreas quentes e úmidas do corpo (como os órgãos genitais).

O que pode causar sintomas desconfortáveis e às vezes pode ser até perigoso.

A candidíase pode se instalar e proliferar na boca, nos genitais e até no sangue.

Por isso, é importante o seu tratamento para que não venha causar prejuízos maiores à sua saúde.

Na fase adulta, a candidíase nos órgãos genitais é mais comum e acomete mais as mulheres.

Já que o ambiente vaginal é mais propicio para o seu desenvolvimento.

 

Mas ela também pode atingir o homem.

Quando um homem tem contato sexual com uma mulher contaminada, provavelmente ele também será contaminado.

Mas essa não é a única forma de transmissão da doença não.

 

O que pode levar à Candidíase no homem?

Vários fatores podem predispor o homem a desenvolver a candidíase, dentre eles podemos citar:

  • deficiência imunológica e
  • relação sexual desprotegida com parceira contaminada.

 

A candidíase no pênis indica que algo muito sério esteja ocorrendo no corpo do homem para que se manifeste.

Pois do contrário, os mecanismos normais de combate à proliferação exagerada da cândida funcionariam normalmente.

Como ocorre com todo mundo que tem cândida no corpo, mas nunca desenvolve a candidíase.

Em torno de 90% dos casos de candidíase no homem envolve alguma condição mais séria de saúde. Esta condição é muitas vezes desconhecida do homem.

Ocorre que seu organismo pode estar sem as defesas necessárias e permitindo com que o fungo oportunista da cândida tire vantagem dessa vulnerabilidade.

Em consequência, acaba se reproduzindo em excesso.

Outro fator que pode predispor a candidíase no homem é o diabetes. Pacientes diabéticos têm que lidar com episódios ocasionais ou frequentes de candidíase.

Isso porque a diabetes afeta tanto o sistema imunológico, quanto a forma como o corpo lida com o açúcar e ambas as condições favorecem a proliferação da candidíase no homem.

Em alguns casos, basta a tendência para desenvolver a diabetes.

O homem não precisa ter diabetes para ter candidíase relacionada aos mesmos fatores.

Se você é homem e tem candidíase no pênis mas não tem diabetes, faça um levantamento do histórico de diabetes em sua família.

Este fungo se alimenta de açúcar, se você tem muito açúcar no sangue, isso irá favorecer a candidíase.

Stress e ansiedade também contribuem para que a candidíase se instale em homens…

Mas sozinhos não têm impacto algum.

É preciso que haja algum outro fator para que, desencadeado pelo stress, possa causar crises de candidíase.



 

Veja as duas formas de contágio de candidíase no homem

No homem ocorrem duas formas principais de contágio, que são as seguintes:

Ocorre transmissão pelo contato com secreções provenientes da boca (saliva).

Caso o homem entre em contato com a saliva de pessoas que possui candidíase oral e seu sistema imunológico estiver enfraquecido, ele poderá ser contaminado com a candidíase oral.

Porém, esta é a forma de contágio menos frequente.

A mais frequente forma de contágio de candidíase no homem é através do contato sexual com uma mulher contaminada.

Da mesma forma, se seu sistema imunológico estiver fragilizado, as chances de contágio são maiores.

Muitas mulheres tem candidíase e não apresentam sintomas então o homem pode ser contaminado sem mesmo a mulher apresentar os sinais…

Que são: Corrimento e placas esbranquiçadas na parede da vagina.

Por isso, o uso do preservativo se torna mais uma vez importante durante o ato sexual.

 

Quais os sinais mais evidentes da candidíase no homem?

Em 60 a 70% dos casos de candidíase no homem são assintomáticos. Isto é, não possui sinais evidentes.

O que pode tornar o diagnóstico quase impossível.

Em uma pequena parcela dos homens, os sintomas incluem:

  • vermelhidão,
  • inchaço ou placas esbranquiçadas na glande,
  • corrimento parecido com o sêmen,
  • coceira ou ardência na ponta do pênis, pode também causar
  • dores durante a relação sexual.

 

Quando a parceira apresenta sintomas de candidíase o homem também pode estar infectado e não apresentar sintomas.

Assim, deve ser avaliado pelo médico do parceiro para determinar a necessidade de iniciar tratamento.

A candidíase no homem tem cura através do tratamento com remédios antifúngicos ou pomadas para candidíase no homem, receitados pelo clínico ou pelo urologista.

Se você gostou das dicas e informações compartilhadas no texto Candidíase no Homem, considere compartilhá-lo com seus amigos.

Compartilhar é se importar com quem você gosta. Mostre para uma pessoa que você gosta que se importa com ela.
Compartilhe esse conteúdo!

Não se esqueça de deixar seu comentário, pois ele é muito importante para a continuidade das publicações!

Deixe seu E-mail Para Receber Atualizações e Dicas Quentíssimas Para Proteger Sua Saúde Íntima!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

2 Comentários

  1. Flávio disse:

    Olá tenho um problema eu tomo banho pra dormir e quando acordo de manhã tenho um tipo de cebo , dai tomo banho e na tardezinha tem novamente, é candida?já usei fluconazol , pomada, intraconazol e não adiantou nada, estou com medo de ser hiv e tenho medo do exame, minha parceira já fez exame e está tudo certo com ela, então imagino não ter já que fico só com ela sem proteção, o que faço tenho medo.

  2. 747candida disse:

    Oi Flávio. Tudo bem?
    Pelo que você diz, isso parece ser esmegma, que são justamente aqueles sebos que se acumulam abaixo da pele do pênis produzidas pelas glândulas de Tyson.
    A função dessas glândulas é a de excretar substâncias para proteger e funcionarem como lubrificante natural do pênis.
    Nada que mereça preocupação.
    Entretanto, para que se informe melhor, escrevi esse artigo que irá sanar suas dúvidas completamente.
    Vai lá e leia, é curto e não irá tomar muito de seu tempo: Glândulas de Tyson

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.