Deixe seu E-mail Para Receber Atualizações e Dicas Quentíssimas Para Proteger Sua Saúde Íntima!

Tratamentos caseiros para vaginose bacteriana

Tratamento caseiro para vaginose bacteriana

Tratamento caseiro para vaginose bacteriana

A vaginose bacteriana é a infecção vaginal mais comum. De que maneiras as mulheres podem tratar essa condição em casa?

Até 1 em cada 4 mulheres no mundo têm vaginose bacteriana. Muitas não apresentam sintomas, e algumas confundem seus sintomas com outra infecção, uma candidíase, por exemplo.

O sintoma mais comum da vaginose bacteriana é o odor de peixe podre exalado da vagina. Algumas mulheres também experimentam coceira, ardência ou um corrimento incomum de cor cinza.



Antibióticos podem tratar a maioria dos casos de vaginose. Em algumas mulheres a vaginose vive voltando, mesmo após tratamentos repetidos com antibióticos. Por isso, grande parte prefere tentar alguns tratamentos caseiros primeiro.

Este artigo vai mostrar alguns remédios caseiros para a vaginose bacteriana.

Estes podem ajudar a:

  • combater vaginose bacteriana
  • diminuir sua intensidade
  • evitar recidivas

Quando ver um médico

Um médico deve ser consultado se os sintomas da virulência forem acompanhados por coceira, ardor ou dor.

A vagina é o lar de uma complexa colônia de organismos que protegem a saúde vaginal e seu pH químico. Quando o pH vaginal ou as bactérias mudam, a vagina fica mais vulnerável a infecções.

Uma infecção por vaginose bacteriana indica que o equilíbrio da química vaginal foi alterado. Abordar esta causa subjacente pode ajudar a tratar e reduzir o risco de retorno.

A vaginose raramente apresenta sintomas graves. Por isso, a maioria das mulheres que decidem usar remédios caseiros, podem fazê-lo com segurança. Mas, há casos em que o tratamento exigem assistência médica imediata.




Se você acha que pode estar com vaginose bacteriana, deverá consultar um médico quando:

  • Estiver grávida: a vaginose pode provocar parto prematuro, aborto espontâneo e outras complicações. O tratamento imediato pode reduzir o risco. Além disso, alguns remédios caseiros podem não ser seguros para mulheres grávidas.
  • Está com os sintomas: ardência na urina, dor forte, corrimento sanguíneo ou sintomas semelhantes.
  • Sentir febre: isso pode indicar outra infecção.
  • Muita ardência ou coceira.
  • Os remédios caseiros não funcionaram: Algumas outras infecções podem se parecer com vaginose. Sem tratamento, essas infecções podem piorar muito.
  • Não está segura de que é vaginose bacteriana:

Na maioria dos casos, um médico pode diagnosticar facilmente a vaginose. Um curto período de antibióticos deverá tratar da infecção. Esses antibióticos raramente produzem efeitos colaterais significativos.

Tratamento caseiro para vaginose bacteriana – cuidados com as relações sexuais

Tratamento caseiro para vaginose bacteriana - cuidados com as relações sexuais

Cuidados com as relações sexuais

A vaginose bacteriana pode se espalhar entre parceiros sexuais. Assim, uma mulher que sabe ter vaginose deve se abster de sexo ou praticar sexo seguro com preservativo até que a infecção desapareça.

Práticas sexuais que interrompam o equilíbrio natural de bactérias na vagina também podem desencadear um surto.

Atitudes que reduzem o risco:

  • Nunca fazer a transição de sexo anal para vaginal: isso pode transferir o material fecal para a vagina e causar vaginose. Trocar de preservativo antes de fazer isso. E nunca coloque na vagina o que estava no ânus antes de lavar com sabão e água morna.
  • Sempre usar preservativo: porque quando o sêmen se mistura com fluidos vaginais, pode aumentar o cheiro de uma infecção pré existente.
  • Urinar imediatamente após a relação sexual: Depois de urinar, lave a vagina e a vulva com água limpa. Em algumas mulheres, os fluidos e lubrificantes sexuais alteram o delicado equilíbrio do pH da vagina, tornando-os mais vulneráveis.

 

Tratamento caseiro para vaginose bacteriana – cuidados de higiene

Tratamento caseiro para vaginose bacteriana

Tratamento caseiro para vaginose bacteriana

Usar somente calcinha de algodão ajudará a manter uma boa higiene vaginal.

Porque a vaginose causa um odor desagradável, muitas mulheres acham que é devido a falta de higiene. Isso está errado e não passa de mito.

A vagina é autolimpante e não precisa de duchas, sabonetes ou perfumes. Já que, o uso desses produtos pode alterar o pH vaginal. Isso aumentará a vulnerabilidade à vaginose e, em consequência, produzir o odor fétido.




Para reduzir o risco e evitar agravar uma infecção já existente:

  • Evite usar produtos perfumados na vagina como absorventes ou sabonetes.
  • Não use ducha, pois altera a química vaginal.
  • Lave a vagina apenas com água e nunca coloque sabão na vagina.
  • Use calcinhas de algodão.
  • Limpe de frente para trás, pois isso evitará a passagem de matéria fecal para a vagina. Nunca use brinquedos do ânus para a vagina.
  • Mantenha a região vaginal sempre seca. Evite ficar de biquini ou maiôs molhados e esfregue levemente a vagina depois de um banho.
  • Lave as mãos antes de tocar a vagina, especialmente se inserir objetos como os absorventes.

Tratamento caseiro para vaginose bacteriana – Probiótico

Probióticos ajudam o corpo a crescer bactérias benéficas. Estes podem combater bactérias e fungos não saudáveis, como fungos.

Os probióticos naturais podem apoiar a colônia bacteriana que mantém a vagina saudável. Esses incluem:

  • iogurte
  • alimentos fermentados
  • alguns queijos cottage

Um suplemento probiótico também pode ajudar.

Nos casos em que a vaginose causa dores a compressa feita com probióticos congelados podem ajudar.

Para fazer isso, congele iogurte natural sem sabor. Em seguida, insira na vagina. A sensação de resfriamento alivia temporariamente a dor e o probiótico pode combater a infecção subjacente.

Tratamento caseiro para vaginose bacteriana – remédios caseiros alternativos

Cada vez mais, os pesquisadores estão levando a sério o poder da medicina popular para combater a vaginose bacteriana. Uma pessoa pode querer considerar uma das seguintes estratégias:

Leia também o artigo Programa Vencendo a Candidíase

Vinagre de maçã

O vinagre de maçã pode ajudar a equilibrar o pH vaginal. Enxaguar a vulva em uma solução de 2 colheres de sopa de vinagre de maçã e 1 xícara de água duas vezes por dia pode aliviar os sintomas.




O mel, por possuir propriedades antimicrobianas naturais e curativas, pode aumentar a eficácia do vinagre de maçã. O vinagre de maçã está disponível em diferentes formas , inclusive como suplemento.

Alho

Tratamento caseiro para vaginose bacteriana

Tratamento caseiro para vaginose bacteriana

Comer alho pode reduzir o risco de vaginose bacteriana porque pode agir como um antibacteriano natural.

Algumas pesquisas sugerem que o alho é um antibacteriano natural. Adicioná-lo à dieta ou tomar um suplemento de alho pode reduzir o risco de vaginose.

No entanto, é importante que seja apenas consumido. Você não deve inserir o alho na vagina, ou irá queimar internamente a pele sensível.

 

Ácido bórico

Pesquisas sugerem que o ácido bórico pode combater a vaginose, especialmente em mulheres que apresentam infecções recorrentes.

Antes de considerar a compra de ácido bórico, procure aconselhamento de um médico.

As mulheres grávidas não devem usar remédios caseiros.

 

loading...

Deixe seu E-mail Para Receber Atualizações e Dicas Quentíssimas Para Proteger Sua Saúde Íntima!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
zapbusca.com.br